A “Cátedra”

A Cátedra JPM, criada por despacho reitoral (RT-04/2018), por proposta da Escola de Medicina através do seu presidente Professor Nuno Sousa, surgiu da vontade comum de aprofundar a relação entre a Associação Alumni Medicina e Escola de Medicina, fortalecendo os pilares nucleares da formação médica da Universidade do Minho. Tem como objetivo viabilizar projetos de ensino e investigação no domínio das Humanidades em Medicina, contribuindo para aprofundar a formação numa área considerada insubstituível para a missão da Escola de Medicina.

"A formação de médicos peritos em ciência, arte e consciência é o desígnio primordial que a Escola de Medicina tem perseguido desde a sua criação. Para além do domínio do conhecimento científico e do uso da boa prática, pretende-se que os médicos do século XXI desenvolvam a capacidade compreender cada um na sua singular especificidade e de aceitar todos na sua enorme diversidade.

 

A prossecução deste objetivo assenta em três pilares fundamentais: uma sólida formação científica, catalisadora do pensamento crítico, da capacidade da atualização permanente e da procura se uma prática baseada na evidência e no conhecimento de base científica; uma exigente e vasta formação prática que inclui o treino sistemático em laboratório de aptidões e, posteriormente, em contexto clínico; uma permanente e reflexiva formação em humanidades que abrange um vasto conjunto de domínios da experiência humana, incluindo o cinema e o teatro, a literatura, a ética, a música, a expressão plástica, a história e a religião."

Nuno Sousa
Presidente da Escola de Medicina
(in Proposta da criação da Cátedra, 2018)

A Cátedra JPM assume como compromisso de missão estimular a cultura humanística, apoiando formação, investigação e inovação na área das Humanidades em Medicina, docentes e investigadores da Escola de Medicina da Universidade do Minho (EM-UM) que desenvolvam as suas atividades nesta área, sob a forma, designadamente, de bolsas de apoio à investigação e inovação.

Coordenação e Colégio Diretivo da Cátedra

A coordenação e as decisões sobre os projetos de investigação e formação a financiar pela Cátedra obedecem ao articulado que consta do Regulamento da Cátedra que faz parte integrante do despacho RT-04/2018.
Em conformidade, a coordenação da Cátedra é exercida por um Colégio Diretivo constituído pelo Presidente e Vice-Presidentes da EM-UMinho a quem compete: promover e dinamizar o mecenato da Cátedra; promover a divulgação da abertura de candidaturas e efetuar a devida publicitação; assegurar o tratamento dos assuntos relativos a cada concurso de abertura de candidaturas; fixar e divulgar os critérios de seleção e avaliação; implementar os respetivos processos de seleção e avaliação; zelar pelo equilíbrio financeiro da Cátedra.

Composição atual do Colégio Diretivo

Presidente de Escola:
- Nuno Sousa

Vice- Presidentes:
- Jorge Pedrosa
- José Miguel Pêgo
- Pedro Morgado

Coordenador da Cátedra

A coordenação das atividades associadas à Cátedra, bem como a gestão de todo o seu expediente, é exercida por uma personalidade nomeada pelo Reitor, sob proposta da presidência da EM-UM, designada por Coordenador que articula a sua atividade com o Colégio Diretivo da Cátedra.
A nomeação do atual Coordenador ocorreu em 2018, por nomeação RT-UM sob proposta do Presidente de Escola (ofício EM – 0105/2018).

Coordenador atual (designado por Despacho RT fevereiro 2018):
- Maria Cecília Lemos Pinto Estrela Leão

Documentos

A Cátedra JPM assume-se como estrutura de apoio a projetos de ensino, investigação e inovação no domínio de Artes & Humanidades em Medicina, contribuindo para apronfundar a formação numa área que julgamos crítica para a missão da Escola de Medicina da Universidade do MInho.
Nesta perspetiva, definiram-se como prioridades os seguintes tópicos científicos e desafios formativos:
- Investigação em BioÉtica, Integridade em Investigação, Medicina Narrativa e Prática Reflexiva;
- Artes e Literatura;
- Formação Avançada em BioÉtica em Ciências da Vida e Saúde.

Equipa Principal

Investigação e Inovação
- Cecília Leão
- João Bessa
- Pedro Morgado
- Marco António
- Nadine Santos
- Patricia Monteiro

Ementas Literárias e Oficinas de Literatura
- Gil Castro
- Nadine Santos
- José Manuel Mendes
- Cecília Leão

Formação Avançada
- João Bessa
- Cecília Leão
- Nadine Santos
- Patricia Monteiro

Colaboradores
- Docentes, Investigadores e Funcionários
- Estudantes MIMED
- NEMUM
- Alumni Medicina

Bolsas de apoio à investigação ou inovação

A Cátedra JPM assume como objetivo futuro apoiar investigação e inovação na área das Humanidades em Medicina no valor de 10000€/ anuais.
Conforme o Regulamento da Cátedra, a abertura dos concursos, com indicação dos respetivos montantes a conceder, é anunciada pela Cátedra na página da EM-Uminho em http://www.med.uminho.pt/.

Júri de seleção

As candidaturas serão apreciadas por um Júri constituído pelo Colégio Diretivo da Cátedra, podendo ainda incluir outros membros (até um máximo de três) designados pelo Conselho Científico da Escola de Medicina.